Notícias

- Policy Brief OPJ 2014 - Nem em emprego, nem em educação ou formação: jovens NEEF em Portugal numa perspetiva comparada

 

Nem em emprego, nem em educação ou formação: jovens NEEF em Portugal numa perspetiva comparada.

Policy Brief OPJ 2014

Está acessível em versão eletrónica o Policy Brief OPJ 2014 sobre a temáticas dos Jovens não empregados que não estão em educação ou formação em Portugal.

"Os jovens em situação de NEEF atraem cada vez mais a atenção dos media, suscitam o debate público e inspiram políticas destinadas a combater o problema. Afinal, o que são jovens NEEF? Qual a dimensão deste fenómeno no país? Este texto pretende responder a estas questões. Depois de definir o conceito, de identificar a sua origem e de sublinhar as suas potencialidades, os autores comparam os NEEF portugueses com os seus congéneres europeus, traçam o seu retrato à escala nacional e deixam alguns desafios para a elaboração de políticas públicas."







 

- Relatório do evento "Conhecer para Agir: Contributos das Ciências sociais para o Livro Branco da Juventude"

 

Está disponivel para download o relatório do evento Conhecer para agir – contributos para o Livro Branco da Juventude que teve lugar no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, no dia 17 Maio 2012.

A iniciativa Livro Branco sobre a Juventude, dinamizada pela Secretaria de Estado do Desporto e Juventude (SEDJ), visou mobilizar a participação juvenil e as instituições intervenientes das políticas de juventude na elaboração de um Documento a nível nacional com vista à definição de uma Estratégia Global e um plano de acção na área da Juventude.

O Observatório Permanente de Juventude (OPJ/ICS-UL), em parceria com a SEDJ, organizou um evento a nível nacional onde foram sistematizados e discutidos os contributos para o Livro Branco da Juventude, quer por parte da sociedade civil (cuja recolha foi da responsabilidade da SEDJ), quer por parte de investigadores com trabalho científico sobre as realidades juvenis em Portugal e na Europa.

O OPJ associou a este evento nove workshops de peritos, em diferentes áreas de atuação e conhecimento, tendo como referencial as linhas de orientação definidas na elaboração do Livro Branco da Juventude: Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; Cultura, Inovação e Criatividade; Desigualdades e Inclusão Social; Educação e Formação; Emancipação Jovem e Habitação; Emprego e Empreendedorismo; Mobilidade e Migrações; Participação Política, Cívica e Voluntariado; Saúde e Prevenção de Comportamentos de Risco.

Estes workshops tiveram como objetivo reunir, sem a pretensão da exaustividade, o património de conhecimento produzido pelas ciências sociais acerca da juventude. Os peritos discutiram tendências e cruzaram saberes com o objetivo de identificar lacunas e formular sugestões que possam ser equacionadas no plano de acção na área da Juventude. Como se verá, os resultados deste trabalho evidenciam a transversalidade desses saberes – e a exigência de respostas políticas articuladas. Por sua vez, comum a todos os workshops sobressai a ideia de que a monitorização permanente (através do conhecimento e da avaliação) é um requisito indispensável para a tomada de decisão adequada, e que esse conhecimento (e acção) não pode dispensar a voz dos próprios jovens.


No relatório que agora disponibilizamos estão reunidos os sumários executivos resultantes dos workshops. Neles estão sumariados alguns dados considerados especialmente relevantes para o conhecimento da área em questão, seguidos de algumas sugestões e recomendações destinadas a contribuir para as escolhas e decisões de carácter político. O conteúdo e a forma destes sumários temáticos são da inteira responsabilidade dos relatores dos workshops, que transpuseram os resultados dos debates segundo o formato que consideraram mais adequado aos objetivos que presidiu a este encontro.



Leia o livro em formato ebook no site ISSUU.



Ou faça o Download em formato PDF:

CONHECER PARA AGIR: Contributos das Ciências Sociais para o Livro Branco da Juventude





 

- Resultados Preliminares do Estudo Consumos e Estilos de Vida no Ensino Superior

 

Resultados Preliminares do Estudo Consumos e Estilos de Vida no Ensino Superior - ULisboa


No passado dia 24 de Setembro, pelas 18:00, no Salão nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa – Alameda da Universidade – a equipa de investigação composta por: Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e Dependências (SICAD) , Observatório Permanente da Juventude do Instituto de Ciência Sociais da Universidade de Lisboa  (OPJ/ICS-UL) e Conselho  Nacional da Juventude (CNJ) procedeu à apresentação pública dos resultados do Estudo Consumos e Estilos de Vida no Ensino Superior – ULisboa.

A apresentação contou com a presença do António Cruz Serra, Magnifico Reitor da ULisboa; João Castel-Branco Goulão, Diretor Geral do SICAD; Jorge Vala, Diretor do Instituto de ICS da ULisboa; Ivo Costa Santos, Presidente do Conselho Nacional de Juventude;  Fernando Leal da Costa, Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde e José Ferreira Gomes, Secretário de Estado do Ensino Superior.

O Estudo Consumos e Estilos de Vida no Ensino Superior – ULisboa surgiu no seguimento do projeto de responsabilidade social “ComSUMOS Académicos”, iniciado em 2012, e retrata os estilos de vida dos estudantes da Universidade de Lisboa (ULisboa), nas áreas da saúde e bem-estar, práticas desportivas e de lazer, alimentação, consumo de bebidas alcoólicas e outras substâncias psicoativas.

Já está disponível para download um documento com alguns resultados preliminares do estudo.

Destaque Consumos e Estilos de Vida dos Estudantes do Ensino Superior - ULisboa


O relatório final do estudo será publicado em Dezembro de 2013.

   

Pág. 3 de 3

  • Faixa publicitária
  • Faixa publicitária
  • Faixa publicitária

Contacte-nos